Skills for the literacy process

Codas. 2018 Mar 1;30(1):e20170039. doi: 10.1590/2317-1782/20182017039.
[Article in Portuguese, English]

Abstract

Purpose: Examine a set of competencies in children beginning the process of literacy and find whether there is positive correlation with their level of writing.

Methods: Study conducted with 70 six-year-old students enrolled in the first year of Elementary School in municipal schools. The children were submitted to the Initial Reading and Writing Competence Assessment Battery (BACLE) and the Diagnostic Probing Protocol for classification of their level of writing. Descriptive statistical analysis and the Spearman coefficient were used for correlation between instruments.

Results: The students presented satisfactory performance in the tasks of the BACLE. Regarding the writing hypothesis, most children presented syllabic level with sound value. Significant positive correlation was observed between body scheme/time-space orientation and language skills.

Conclusion: The group of schoolchildren performed satisfactorily on tests that measure pre-reading and writing skills. The areas of body scheme/time-space orientation and language presented significant correlation with the level of writing hypothesis, indicating that children with higher scores in these areas present better levels of writing. Identification of the necessary competencies for learning of reading and writing can provide teachers and educational audiology professionals with conditions for evaluation and early intervention in certain abilities for the development of reading and writing.

Objetivo: examinar competências iniciais em crianças em processo de alfabetização e se há correlação positiva com o nível de escrita que apresentam.

Método: foram selecionados 70 estudantes, de seis anos de idade, ingressantes no 1º ano do Ensino Fundamental I de Escolas Municipais. As crianças foram submetidas à Bateria de Avaliação de Competências Iniciais para a Leitura e a Escrita (BACLE) e ao Protocolo de Diagnóstico de Sondagem para classificação do nível de escrita. Foi utilizada a análise estatística descritiva e o coeficiente de Spearman para correlação entre os instrumentos.

Resultados: os escolares tiveram desempenho satisfatório nas tarefas da BACLE. Relativo à hipótese de escrita, a maioria das crianças apresentou o nível silábico com valor sonoro. A correlação foi positiva e significante para as habilidades de esquema corporal/orientação espaçotemporal e linguagem.

Conclusão: o grupo de escolares teve desempenho em nível satisfatório em provas que aferem pré-competências para a leitura e escrita. As áreas de esquema corporal/orientação espaçotemporal e linguagem apresentaram significância com o nível de hipótese de escrita, indicando que as crianças com melhores pontuações nestas áreas são aquelas com melhores níveis de escrita. A identificação de competências necessárias para a aprendizagem da leitura e da escrita podem instrumentalizar o professor e profissionais da área de Fonoaudiologia Educacional quanto à avaliação e à intervenção precoce em determinadas habilidades para o desenvolvimento da leitura e escrita.

MeSH terms

  • Child
  • Child Language
  • Competency-Based Education
  • Female
  • Humans
  • Language Development
  • Language Tests
  • Literacy / statistics & numerical data*
  • Male
  • Reading
  • Students
  • Writing*